Vale recordarmos essa experiência popular de autogestão tão digna que conseguiu conquistas, até então, inimagináveis. A Comuna de Paris deve ser lembrada como mais uma obra incrível das classe proletárias, superando todas as discordâncias que alguns socialistas tinham na época.

O Núcleo de Pesquisa Marques da Costa lança essa nota para lembrarmos a luta de homens e mulheres por uma sociedade livre, igualitária e autogerida pelos próprios trabalhadores. A nota pode ser lida no endereço abaixo.

143 anos da Comuna de Paris. 

ico-commune-1

Anúncios